Criar uma Loja Virtual Grátis
Biografia
Biografia

Natural da Ilha das Flores – Açores.

          É licenciado pela Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo onde integrou a classe do Professor José de Oliveira Lopes. Foi-lhe atribuído o prémio Eng. António de Almeida pela Fundação com o mesmo nome, que distingue os melhores alunos finalistas das Universidades Portuenses. Mestre pela Universidade de Aveiro. A sua formação iniciou-se no Conservatório Regional de Ponta Delgada onde estudou Canto com Imaculada Pacheco, frequentando depois o Conservatório Regional de Angra do Heroísmo, na classe de Luísa Alcobía Leal, concluindo o curso com alta classificação.

Participou em “masterclasses” com Oliveira Lopes, Fernanda Correia, Rudolf Knoll, Lamara Chkónia, Liliana Bizineche, Enza Ferrari, Jorge Vaz de Carvalho, Francisco Lázaro, Ambra Vespasiani, Ettore Nova e Daniel Muñoz.

        Tem-se apresentado em recitais, no país e no estrangeiro, com os pianistas Luís Magalhães, Carla Seixas,  Joana David, Pedro Ludgero, João Valle e João Queirós, a cravista Jenny Silvestre, a percussionista Elisabeth Davis, o acordeonista Pedro Santos e com o guitarrista Artur Caldeira. Participou com o pianista Adriano Jordão, nos programas comemorativos do centenário da morte de Verdi, da estação de televisão SIC. Colaborou com o Grupo Música Nova, sob a direcção de Cândido Lima.

         Foi solista nas principais obras coral-sinfónicas e em inumeras óperas tendo interpretado vários papeís principais como: Figaro e Conde (Le Nozze di Figaro) Leporello (Don Giovanni), Escamillo (Carmen) e D.Bartolo (Il barbiere di Siviglia), Alfio (Cavalleria Rusticana), Tonio (Pagliacci), Sharpless (Madama Butterfly), Dulcamara (L’Elisir d’amore), Smirnov (The Bear) entre muitos outros.

         Tem participado em diversas estreias mundiais de várias óperas, nomeadamente “A Floresta” de E. Carrapatoso, numa co-produção Teatro Nacional de São Carlos/Teatro São Luiz e “Banksters” de Nuno Corte-Real, numa produção do TNSC. Gravou em DVD, para a Casa da Música, com a Orquestra Nacional do Porto, a obra:”O lobo Diogo e o mosquito Valentim” de E. Carrapatoso.

          Recentemente participou, como actor/cantor, no filme de Michael Sturminger "The Casanova Variations".

         Trabalhou com os encenadores Mietta Corli, Tim Coleman, Joseph Franconi Lee, Ítalo Nunziata, Luca Veggetti, Norma Graça-Silvestre, Paulo Matos, Carlos Avilez, Jorge Rodrigues, Américo Rodrigues, António Pires, Tito Celestino da Costa, Mário Moutinho, Inês Vicente, João Paulo Seara Cardoso, Maria Emília Correia, Orlando Arrocha, Christian von Götz, Carla Lopes, José Lourenço, Pedro Ribeiro, Catarina Costa e Silva, Andrea Lupi, Stuart Hopps, Claudio Hochman, Francesco Bondi, Giulio Ciabatti, Jorge Vaz de Carvalho, Nuno M. Cardoso, João Botelho, Nuno Carinhas, Luís Miguel Cintra e João Lourenço

          Foi dirigido pelos maestros Osvaldo Ferreira, Paulo Martins,Ferreira Lobo, Rafael Montes Gómez, Jaroslav Mikus, Filipe Sá, Vítor Matos, P. Ricardo Henriques, Jan Wierzba, Paulo Silva, Felipe Nabuco-Silvestre, A. Vidal, Silvio Cortez, Antº Sérgio Ferreira, Manuel Ivo Cruz, Gunther Arglebe, Virgílio Caseiro, P. António Ferreira dos Santos, Rui Massena, António V. Lourenço, Christopher Bochmann, J. Reynolds, Leonardo de Barros, Félix Carrasco, Marco Belluzi, Stephen Darlington, António Carrilho, César Viana, José Eduardo Gomes, Cesário Costa, Roberto Pérez, João Paulo Santos, Giulio Svegliado, Emílio de César, Esteve Nabona, Enrico Dovico, Gregor Bühl, Marko Letonja, Zsolt Hamar, Nicola Giusti, Martin André, Nikša Bareza, Roberto Manfredini, Lawrence Renes, Giovanni Andreoli, Reynald Giovaninetti, Johannes Willig e Marc Tardue, entre outros.